Glossário de Customer Success e Customer Experience

A maior biblioteca gratuita de conteúdo Customer Centric na América Latina!

Canais de vendas via parceiros

Canais de vendas via parceiros permitem que a sua empresa ganhe mais visibilidade e expanda os negócios de maneira rápida e eficiente. 

Para isso, como o próprio nome sugere, é preciso fechar parcerias que ajudem a aumentar o alcance de seus negócios. 

Leia mais: Customer Success: conceitos, objetivos, quanto ganha um CSM

O que são canais de vendas?

Para entender o conceito de canais de vendas via parceiros é preciso, primeiro, entender o conceito de canais de vendas. Esses são os “caminhos” seguidos pela sua empresa para realizar uma venda. 

Os canais podem ser diretos – aqueles que são de total responsabilidade da empresa, que é responsável única por fazer a ponte entre o produto e o cliente – ou indiretos – que demandam intermédios entre a produção e a venda – os chamados canais parceiros.

Modelos mais comuns de Canais parceiros

Existem inúmeras opções de canais de vendas via parceiros que podem ser adotados. Aqui falaremos de alguns dos mais comuns e mais utilizados no mercado atualmente.

Afiliado:

Afiliado é um modelo de negócio que tem crescido exponencialmente pelo seu custo acessível e facilidade em fechar parcerias. Nesse caso, você disponibiliza seu produto para que terceiros divulguem através de páginas digitais. 

A cada venda realizada através do link indicado pelo seu parceiro é preciso pagar uma porcentagem – previamente estabelecida. Esse é um dos meios mais utilizados hoje para aumentar o alcance de uma marca. 

Leia mais: Segmentação de clientes: quais são os tipos, benefícios e exemplos

Revendedor:

Revendedores são representantes da marca que não estão diretamente contratados pela empresa. Eles geralmente trabalham de maneira independente. 

Mas é preciso garantir que esses revendedores recebam suporte e informações suficientes para se tornarem representantes de qualidade e que sigam o padrão estipulado pela sua marca. 

Leia mais: Como construir um playbook eficiente focado em CS?

Implementador:

Nesse caso a parceria é pautada em um conhecimento técnico e de mercado. 

Você escolhe canais que dominam o seu nicho de atuação, que são referência no seu mercado e que, portanto, podem atribuir ainda mais valor ao indicarem o seu produto. 

Além disso, o parceiro implementador colabora no processo de onboarding, garantindo que o cliente tenha sucesso no uso do produto/serviço logo nos primeiros contatos, aumentando consideravelmente as chances de satisfação.

Leia mais: Customer Experience: conceitos, como melhorar e ferramentas

VAR/OEM:

Podemos dizer que o VAR (Value-added Reseller) é uma mistura entre o revendedor e o implementador, já que ele domina técnicas de venda e conhece profundamente o seu mercado. Eles atuam tanto na captação de novos clientes quanto na retenção daqueles que já usam a sua solução. 

Já OEM (Original Equipment Manufacturer) são parceiros que oferecem um hardware específico para que a sua solução chegue até o cliente final. 

Então, se trata de uma junção de forças para que o que você oferece chegue ao público adequado de maneira mais clara e objetiva utilizando os canais de vendas via parceiros.

Cada um desses modelos tem o seu valor. Mas todos eles são eficientes e podem trazer excelentes resultados para a sua empresa, independente do mercado ou porte. 

O importante é selecionar os canais de vendas via parceiros que mais combinam com o seu negócio.

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter