Glossário de Customer Success e Customer Experience

A maior biblioteca gratuita de conteúdo Customer Centric na América Latina!

MRR – Monthly Recurring Revenue

O termo MRR (Monthly Recurring Revenue) tem sido considerado cada vez mais importante dentro de empresas de diferentes portes. 

O seu significado literal é “Receita Recorrente Mensal”, se trata de uma métrica que analisa quais são os ganhos fixos mensais com os quais uma empresa pode contar, sendo especialmente importante para planos de assinatura.

Como calcular MRR (Monthly Recurring Revenue)?

Os ganhos mensais costumam variar muito dentro das empresas. Mas, existem aqueles que são passíveis de previsão, que são garantidos por um sistema de assinatura e recorrência de vendas. A eles damos o nome de MRR (Monthly Recurring Revenue).

É importante compreender que para calcular a Receita Recorrente Mensal deve-se excluir os ganhos extras e variáveis, considerando apenas aquilo que se repete a cada ciclo de 30 dias.

Existem basicamente duas formas de calcular esse valor.  Vamos conhecê-las a seguir!

Leia mais: 5 principais métricas SaaS

Cálculo simples e cálculo completo

O cálculo simples consiste em somar todos os valores de assinaturas que são pagas mensalmente. Com isso você terá o valor de MMR obtido por sua empresa. 

Mas, outra possibilidade é multiplicar o total de clientes ativos pelo valor mensal pago por assinatura. 

Nesse caso, vamos supor que você tem dois planos com valores diferentes: 20 clientes no plano básico (R$ 50) e 30 clientes no plano premium (R$ 100). A conta será: 20 x 50 + 30 x 100= 4.000

Ter esse cálculo em mente é importante para obter o resultado de MRR (Monthly Recurring Revenue).

Em quais situações esse cálculo é útil?

Podemos dizer seguramente que o MRR (Monthly Recurring Revenue) funciona como uma métrica importante para qualquer tipo de negócio. 

Porém, é inegavelmente mais interessante para empresas que atuam no formato SaaS. Isso porque essa é a única métrica capaz de avaliar o crescimento anual de uma empresa que trabalha com contratos de assinatura. 

Afinal, através da checagem de receita recorrente mensal fica mais fácil entender quando o lucro fica aquém ou quando supera o esperado.

Há que se considerar, porém, qualquer desconto que seja concedido – por exemplo, aos novos clientes, ou descontos provenientes da forma de pagamento escolhida. 

Tudo isso impacta o MMR e traz valores diferentes para o mês. A ideia é calcular quanto se fatura com contratos ativos. Assim você tem um valor previsível e consegue, inclusive, planejar ações e investimentos para a sua empresa com mais segurança e maior assertividade nas decisões tomadas. 

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter