Machine Learning: O que é e como utilizá-lo no seu negócio

Sumário

Entender o que é machine learning pode auxiliar a melhorar significativamente o seu negócio. O “aprendizado de máquina” é uma ferramenta importante no cotidiano de empresas e que está cada vez mais acessível.

Por isso, já vem sendo usada nos mais variados segmentos. Muito embora ainda pareça algo presente somente nos filmes de ficção científica, o machine learning é fundamental para que se possa analisar dados, automatizar processos e obter bons resultados no cotidiano.

É por isso mesmo que nós trouxemos um panorama geral sobre o tema, visando te ajudar a usar em seu cotidiano e beneficiar o negócio.

O que é Machine Learning?

Traduzindo literalmente, o termo consiste em aprendizado de máquina, que é uma vertente de inteligência artificial (IA), que permite aos equipamentos analisar e automatizar o processo de criar modelos analíticos.

Traduzindo de forma prática, consiste em programar a máquina para que decodifique informações complexas e em grande escala. Dessa forma, o processo ocorre de modo independente, promovendo a análise de dados baseado naquilo que a máquina já teve contato anterior.

Ou seja, o sistema e equipamento estão em constante aperfeiçoamento, aprendendo continuamente com base nas informações que possuem.

Dessa forma, a própria máquina é capaz de tomar decisões a partir da análise de dados fornecidos. Contribuindo para que consigam realizar tarefas, mesmo que não tenha sido previamente programado para tal.

O recurso é extremamente importante para viabilizar uma experiência personalizada para o usuário. Por isso, é um recurso que vem sendo muito usado em e-commerce, por exemplo, com o intuito de obter previsões e insights importantes, promovendo uma experiência segura para o usuário.

Como funciona na prática?

De modo geral, o machine learning funciona a partir de técnicas de estatísticas, hipóteses bayesianas e ferramentas de regressão.

Diante disso, é possível definir qual é o tipo de algoritmo que será usado, visando que a aplicação seja específica para a área de atuação da empresa ou para o fim para o qual o sistema será usado.

Por isso, antes de definir qual é o algoritmo que vai ser usado em seu negócio, é preciso conduzir um estudo individualizado para que se possa adaptar ao que é melhor para a empresa.

Atualmente, é muito usado o machine learning de maneira supervisionada, onde o sistema constrói um modelo que trabalha usando dados e respostas que são pré-estabelecidos.

Quais os tipos de Machine Learning?

Atualmente, podemos definir em diferentes tipos principais, para que se entenda as diferentes oportunidades e possibilidades, confira:

Aprendizado Supervisionado

Acontece quando o algoritmo é treinado em um conjunto de dados já conhecidos da equipe, onde as entradas estão associadas a saídas conhecidas.

Nesse caso, o principal objetivo é que o modelo aprenda a mapear as entradas para as saídas corretas. Na sequência, o processo generaliza esse conhecimento para prever saídas para novas entradas não vistas anteriormente.

Aprendizado Não Supervisionado

Diferentemente daquilo que ocorre no aprendizado supervisionado, o modelo não supervisionado trabalha com dados não rotulados.

A partir de então, o algoritmo tenta encontrar padrões, estruturas ou relações intrínsecas nos dados, mesmo sem conhecimento prévio das saídas esperadas.

Aprendizado por Reforço (Reinforcement Learning)

Trata-se de um método de aprendizado através de tentativa e erro, recebendo feedback positivo ou negativo com base em suas ações.

Aprendizado Semi-Supervisionado

É uma combinação que visa extrair o melhor do aprendizado supervisionado e não supervisionado, onde o aprendizado é treinado com um conjunto parcialmente rotulado de dados.

Existem várias formas de estabelecer o aprendizado de máquina. Seja qual for o método, é importante saber quais são os principais benefícios que ele trará, para que possa ter bons resultados ao implementar.

Como Machine Learning pode ser usado nas empresas?

O machine learning pode ser usado nos mais variados mercados, por isso, pode ser aplicado em diferentes cenários, como:

Automação do banco de dados

A partir do uso da ferramenta, é possível obter ótimos resultados automatizando as tarefas. De modo que, não é preciso ter intervenção humana para algumas ações.

O que faz com que seja possível funcionar com eficiência sem precisar de um grupo de profissionais extenso.

Recomendação de conteúdo

Uma outra possibilidade é recomendar o conteúdo a partir dos dados de buscas dos usuários. Uma vez que, os dados são coletados, analisados e o sistema consegue fazer uma recomendação assertiva.

Perceba que, atualmente, já é um sistema muito usado no mercado por empresas de vários segmentos. Até mesmo streamings de música usam essa automação para recomendar cantores e músicas do mesmo ritmo para que a pessoa descubra novas canções.

Atendimento rápido

A maior parte das pessoas busca respostas rápidas e eficiência na hora de obter atendimento. Como é o caso de quando necessitam de uma segunda via de boleto, por exemplo.

Por isso, o machine learning é excelente para aqueles que buscam atendimento ao cliente com qualidade.

Uma vez que, é possível automatizar as primeiras etapas de atendimento, oferecendo solução rápida e eficaz em poucos segundos ao disponibilizar segunda via de boleto, informação de instabilidade na prestação de serviços e uma série de outras soluções que são dadas rapidamente pelo sistema automatizado.

O que faz com que seja possível ter agilidade de atendimento, qualidade e ao mesmo tempo um time enxuto, que reduz custos do negócio potencializando o lucro.

É uma tecnologia que veio para ficar

Sem dúvidas, existem muitas outras aplicações possíveis para o machine learning. Além disso, um fato que não se pode negar é que a tendência é de ampliação do uso do método ao longo dos próximos anos.

Não há como negar que é uma tecnologia que veio para ficar e que vai crescer bastante ao longo dos próximos anos.

Portanto, vale muito a pena se atentar para a possibilidade de implementar a tecnologia em seu negócio, tendo como principal objetivo modernizar o negócio e viabilizar que a empresa alcance resultados cada vez mais expressivos.

Afinal, a tecnologia é uma aliada na modernização do negócio e alcance de um crescimento sustentável.

Seja um especialista em Dados com a CS Academy

Se você procura otimizar os processos da sua área por meio de dados e deixar cada vez mais assertiva as suas tomadas de decisões, a CS Academy tem os conteúdos certos para você.

A Especialização em gestão de dados vai focar na utilização de dados e da cultura data driven para melhorar ainda mais a experiência do seu cliente.

Então se você quer aprimorar suas habilidades e se tornar um profissional de destaque, encontrou o lugar perfeito!

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter

Posts relacionados