Como fazer um resgate de churn: O guia definitivo para recuperar clientes perdidos

Sumário

O churn, ou taxa de cancelamento, é um problema comum em qualquer negócio. Afinal, por mais que se trabalhe para manter os clientes satisfeitos, é impossível agradar a todos o tempo todo. No entanto, quando a taxa de churn começa a aumentar, é preciso tomar medidas para recuperar esses clientes e evitar a perda de receita.

Neste guia, vamos explorar o que é o churn, as razões pelas quais ele ocorre e as estratégias que você pode usar para resgatar clientes perdidos.

O que é churn?

Churn é a taxa de cancelamento de clientes em um determinado período de tempo. Ela é calculada dividindo o número de clientes que cancelaram o serviço pelo número total de clientes ativos no mesmo período. Por exemplo, se você tinha 1000 clientes no início do mês e 50 cancelaram o serviço, a taxa de churn seria de 5%.

O churn é um indicador muito importante da saúde financeira de uma empresa. Se a taxa de churn for alta, significa que há um problema na retenção de clientes e que a empresa pode estar perdendo receita. Por outro lado, se a taxa de churn for baixa, significa que a empresa está conseguindo manter seus clientes satisfeitos e que está em uma posição mais saudável financeiramente.

Um alto churn pode significar que a empresa está tendo dificuldades em manter seus clientes satisfeitos, o que pode levar a uma perda significativa de receita ao longo do tempo. Portanto, muitas empresas se esforçam para reduzir o churn por meio de estratégias de retenção de clientes e melhorias na qualidade de seus produtos ou serviços.

Por que o churn ocorre?

O churn pode ocorrer por uma série de motivos, dependendo do tipo de negócio e do perfil dos clientes. Algumas das principais razões que levam à perda de clientes são:

  • Insatisfação com o produto ou serviço: se o cliente não está satisfeito com o que está recebendo, é natural que ele cancele o serviço. Por isso, é importante estar sempre atento ao feedback dos clientes e trabalhar para melhorar a qualidade do produto ou serviço oferecido.
  • Preço: se o preço do produto ou serviço é muito alto, os clientes podem buscar alternativas mais baratas. É importante, portanto, oferecer um preço competitivo e justificar o valor do produto ou serviço.
  • Falta de engajamento: se os
    clientes não estão engajados com a empresa, é mais provável que eles cancelem o serviço. Por isso, é importante manter uma comunicação constante com os clientes e oferecer benefícios exclusivos para aqueles que permanecem fiéis à empresa.
  • Problemas técnicos: se o produto ou serviço apresenta problemas técnicos constantes, é natural que os clientes se cansem e cancelem o serviço. Por isso, é importante investir em tecnologia e garantir que o produto ou serviço seja confiável e estável.
  • Mudanças de vida: Às vezes, o churn ocorre devido a mudanças na vida dos clientes, como mudanças de residência, perda de emprego, entre outros.
  • Concorrência: Se a concorrência oferecer um produto ou serviço melhor ou mais acessível, os clientes podem optar por mudar para outra empresa.

É importante que as empresas entendam as causas do churn e trabalhem em estratégias para reduzi-lo e manter a satisfação e lealdade dos clientes.

YouTube video

Como medir o churn?

Como já falado, o churn é uma métrica importantíssima para as empresas, pois mede a taxa de cancelamento ou perda de clientes em um determinado período de tempo. Existem diferentes maneiras de medir o churn, mas a fórmula mais comum é:

Churn = (Número de clientes perdidos durante o período / Número total de clientes no início do período) x 100

Por exemplo, se uma empresa tinha 1.000 clientes no início do trimestre e perdeu 100 clientes ao longo desse período, então o churn seria calculado da seguinte forma:

Churn = (100 / 1.000) x 100 = 10%

Isso significa que a empresa perdeu 10% dos seus clientes ao longo do trimestre.

É importante lembrar que o churn não deve ser medido apenas de forma isolada, mas sim em conjunto com outras métricas como a taxa de aquisição de clientes, a receita por cliente, entre outras, para que a empresa possa ter uma visão mais completa da saúde do seu negócio.

Estratégias para resgatar clientes perdidos

Agora que você entendeu o que é churn e por que ele ocorre, é hora de
explorar as estratégias que você pode usar para resgatar clientes perdidos. Veja abaixo algumas das melhores práticas:

Analise os dados

Antes de tomar qualquer medida para resgatar clientes perdidos, é importante analisar os dados e entender por que eles estão cancelando o serviço. Isso pode ser feito por meio de pesquisas de satisfação, análise de métricas de engajamento e conversas com os próprios clientes. Com esses dados em mãos, é possível identificar padrões e tendências e criar uma estratégia mais eficiente para resgatar esses clientes.

Outra vantagem da análise de dados é a capacidade de prever o churn antes que ele ocorra. Com modelos de machine learning e inteligência artificial, as empresas podem identificar sinais precoces de insatisfação ou risco de cancelamento,
permitindo que elas atuem preventivamente para reduzir o churn e resgatar os clientes perdidos.

Ofereça uma promoção

Uma das maneiras mais eficientes de resgatar clientes perdidos é oferecer uma promoção exclusiva. Essa promoção pode ser um desconto no preço do serviço, uma extensão do período de uso ou até mesmo um upgrade gratuito para um plano superior.
Essa abordagem demonstra que você valoriza o cliente e está disposto a fazer o que for preciso para recuperá-lo.

Em resumo, uma promoção pode ser uma ferramenta eficaz para resgatar clientes perdidos porque oferece um incentivo, cria senso de urgência, mostra que a empresa valoriza o cliente e pode gerar buzz. No entanto, é importante que a promoção seja bem planejada e executada para garantir que ela atinja seu objetivo de trazer de volta os clientes perdidos.

Personalize a abordagem

Cada cliente é único e tem motivos diferentes para cancelar o serviço. Por isso, é importante personalizar a abordagem e oferecer soluções específicas para cada caso.

Se o cliente cancelou o serviço por causa do preço, por exemplo, é possível oferecer um plano mais barato. Se ele cancelou por causa de problemas técnicos, é importante demonstrar que você está trabalhando para resolver esses problemas.

Quando você personaliza a abordagem, mostra ao cliente que se importa com ele e está disposto a investir tempo e esforço para entender suas necessidades e preocupações. Isso pode fazer com que ele se sinta valorizado e compreendido, e pode ser o suficiente para recuperar seu interesse no negócio.

Tenha uma equipe dedicada ao resgate de churn

Para ser eficiente no resgate de churn, é importante ter uma equipe dedicada a essa função. Essa equipe pode ser formada por profissionais de atendimento ao cliente, marketing e vendas, que trabalham juntos para identificar os clientes que estão em risco de cancelamento e desenvolver estratégias para resgatá-los.

A equipe dedicada ao resgate de churn pode identificar as causas comuns para o abandono do cliente e ajudar a empresa a corrigir as causas do churn. Eles podem obter feedbacks valiosos sobre o que a empresa pode fazer melhor.

Esse feedback pode ser usado para melhorar os produtos e serviços da empresa, bem como a experiência do usuário, e pode ajudar a reduzir o churn no futuro.

Trabalhe na fidelização dos clientes

Além de resgatar clientes perdidos, é importante trabalhar na fidelização dos clientes atuais. Isso pode ser feito por meio de programas de fidelidade, descontos exclusivos para clientes fiéis e comunicação constante com os clientes. Quanto mais engajado o cliente estiver com a empresa, menor será a chance de ele cancelar o serviço.

Vale lembrar que é mais barato manter um cliente existente do que adquirir um novo cliente, e que além disso clientes fiéis são mais propensos a indicar sua empresa para amigos e familiares, o que pode ajudar a atrair novos clientes para o seu negócio.

Monitore constantemente a taxa de churn

Por fim, é importante monitorar constantemente a taxa de churn e trabalhar para mantê-la em um nível saudável. Isso pode ser feito por meio de análise de métricas e acompanhamento do feedback dos clientes.

Quanto mais atenta a empresa estiver aos sinais de churn, mais fácil será evitar a perda de receita.

Ao monitorar a taxa de churn ajuda a identificar tendências e padrões que podem estar afetando a lealdade dos clientes. A taxa de churn é a medida de quantos clientes deixaram de fazer negócios com uma empresa em um determinado período de tempo, e isso pode ser um indicador importante de problemas subjacentes que estão levando os clientes a procurar outras opções.

Utilize as estratégias certas e obtenha sucesso

O resgate de churn é um desafio para qualquer empresa, mas é possível superá-lo com as estratégias certas.

Ao analisar os dados, personalizar a abordagem, oferecer promoções exclusivas, ter uma equipe dedicada, trabalhar na fidelização dos clientes e monitorar constantemente a taxa de churn, é possível resgatar clientes perdidos e manter uma base sólida de clientes fiéis.

Com essas estratégias em mente, sua empresa estará preparada para enfrentar qualquer desafio e manter um negócio saudável e próspero.

Sobre a CS Academy

A CS Academy é a maior referência em educação customer centric na america latina, e possui diversos cursos focados em te ensinar a garantir o sucesso do cliente.

Temos a plataforma de conteúdos mais completa para profissionais das áreas Customer Centric: Customer Success, Customer Experience, Atendimento e Suporte. Se você quer se tornar referência no mercado, o seu lugar é aqui.

Tá esperando o quê? Se inscreva aqui!

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter

Posts relacionados