Estratégia de venda: Saiba tudo sobre as técnicas que podem impulsionar os resultados do seu negócio

Sumário

É comum que a maior parte dos negócios presentes no funil de vendas de uma empresa, não acabe em um fechamento, por isso é tão importante ter uma estratégia para quando isso acontecer.

Conhecer diversos modelos de estratégia de vendas, principalmente as mais bem sucedidas, deve estar entre as prioridades de todo gestor que deseja ter sucesso em seu empreendimento.

Aprenda agora o que é uma estratégia de vendas, e tudo sobre como implementar e melhorar os seus resultados.

O que é uma estratégia de vendas?

Uma estratégia de vendas é um plano estruturado de ações, que visa atingir as metas de vendas de uma empresa.

Uma estratégia geralmente inclui uma série de atividades e ações relacionadas à prospecção de clientes, abordagem e apresentação do produto ou serviço, negociação, fechamento da venda e também o acompanhamento pós-venda.

Uma estratégia de vendas pode ser implementada em diferentes níveis, desde uma pequena empresa até grandes corporações. Afinal, o seu principal objetivo é aumentar as vendas e o lucro do negócio.

A estratégia pode envolver uma variedade de táticas, incluindo abordagens de vendas, promoções, publicidade, precificação e distribuição. É necessário ter cuidado em todas as etapas, para que a estratégia utilizada atinja o seu objetivo final.

A estratégia de vendas geralmente começa com a definição do público-alvo, incluindo seus hábitos de compra, necessidades e preferências. Com base nisso, a empresa ou vendedor pode desenvolver uma abordagem de vendas que responda às necessidades do público-alvo.

Além disso, uma estratégia de vendas pode incluir um plano de marketing para promover os produtos ou serviços, bem como um plano de atendimento ao cliente para manter os clientes satisfeitos e fidelizados.

A análise de dados e o monitoramento de métricas de vendas também podem ser usados para ajustar e melhorar a estratégia de vendas ao longo do tempo.

Qual a sua importância para o negócio?

Uma estratégia de vendas é extremamente importante para qualquer empresa, independentemente do seu tamanho ou setor.

Isso porque uma estratégia de vendas bem definida ajuda a empresa a alcançar seus objetivos de negócios, aumentar a receita e garantir a sustentabilidade a longo prazo.

Além disso, uma estratégia de vendas eficaz ajuda a equipe de vendas a entender melhor as necessidades e desejos dos clientes, bem como a identificar oportunidades de venda cruzada e venda adicional. Ela também ajuda a empresa a se diferenciar da concorrência, definindo sua proposta de valor única e comunicando isso claramente aos clientes.

Uma boa estratégia de vendas também inclui o desenvolvimento de metas de vendas claras e específicas, juntamente com um plano de ação para alcançá-las. Isso ajuda a equipe de vendas a se concentrar em tarefas importantes e prioridades, além de permitir que a empresa monitore e avalie o progresso ao longo do tempo.

Por fim, uma estratégia de vendas bem definida ajuda a empresa a identificar áreas de oportunidade e aprimoramento em seus processos de vendas, o que pode levar a melhorias na eficiência da equipe de vendas. Com uma estratégia de vendas sólida em vigor, a empresa estará melhor equipada para alcançar o sucesso a longo prazo.

YouTube video

Quais as estratégias mais comuns

Existem diversas estratégias de vendas que são comuns em diferentes setores e segmentos de mercado. Algumas das estratégias mais comuns incluem:

Abordagem consultiva:

É uma estratégia em que o vendedor procura entender as necessidades e desafios do cliente antes de oferecer uma solução.

Em vez de simplesmente apresentar um produto ou serviço e tentar convencer o cliente a comprá-lo,
o vendedor faz perguntas e ouve atentamente as respostas para entender as demandas do cliente.
Com base nessa compreensão, o vendedor pode recomendar uma solução personalizada que atenda às necessidades específicas do cliente.

Venda direta:

É uma abordagem de marketing em que as empresas vendem seus produtos ou serviços diretamente aos consumidores, sem a necessidade de intermediários como lojas físicas ou revendedores.

Nessa estratégia, a empresa recruta vendedores independentes (também conhecidos como consultores ou representantes) para vender seus produtos diretamente aos consumidores. Esses vendedores geralmente trabalham em tempo parcial e são remunerados com base em comissões sobre as vendas realizadas.

Cross-selling:

É uma técnica de vendas que consiste em oferecer ao cliente produtos ou serviços adicionais que complementam ou são relacionados ao que ele já comprou ou está interessado em comprar. A estratégia de cross-selling é utilizada para aumentar o valor médio da compra, fidelizar clientes e aumentar a receita da empresa.

Por exemplo, se um cliente está comprando um celular em uma loja, o vendedor pode oferecer uma capa de proteção ou um fone de ouvido compatível com o modelo do celular. Ou ainda, se um cliente está contratando um serviço de internet, o vendedor pode oferecer um pacote de televisão por assinatura ou um serviço de telefone fixo.

Up-selling:

É uma estratégia de vendas que consiste em oferecer ao cliente um produto ou serviço mais avançado, completo ou caro do que aquele que ele está prestes a comprar.

O objetivo é aumentar o valor total da venda, oferecendo ao cliente algo que possa ser mais adequado às suas necessidades e desejos, e que, ao mesmo tempo, traga mais lucro para a empresa.

O up selling pode ser feito de várias maneiras, como por exemplo, oferecendo uma versão premium de um produto, sugerindo a compra de acessórios complementares ou oferecendo um pacote com mais serviços ou benefícios.

Promoções e descontos:

É uma técnica utilizada pelas empresas para incentivar o aumento de vendas, reduzir estoques, conquistar novos clientes, fidelizar os já existentes, entre outros objetivos.

Essa estratégia consiste em oferecer algum tipo de vantagem financeira para o consumidor, seja por meio de reduções de preços, brindes, frete grátis, cupons de desconto, entre outras formas.

Fidelização de clientes:

A estratégia de fidelização de clientes é um conjunto de ações e práticas que visam estabelecer e manter um relacionamento de longo prazo entre uma empresa e seus clientes. O objetivo é criar uma base de clientes fiéis e satisfeitos, que estejam mais propensos a fazer compras repetidas e a recomendar a empresa a outras pessoas.

YouTube video

Qual as fases de uma estratégia de vendas?

Prospecção:

Prospecção é a primeira, e uma das mais fundamentais fases da estratégia de vendas. É o processo de identificar potenciais clientes e iniciar o contato com eles para apresentar seus produtos ou serviços.
A prospecção pode ser realizada de várias maneiras, incluindo marketing digital, cold calls, e-mails, eventos de networking, referências, entre outros.

O objetivo da prospecção é encontrar clientes em potencial que possam estar interessados em seu produto ou serviço e estabelecer um relacionamento com eles. Uma vez que um cliente em potencial é identificado, a equipe de vendas pode seguir em frente para as próximas fases do processo de vendas, como qualificação, apresentação, proposta e fechamento.

No entanto, a prospecção pode ser um desafio, já que nem todos os clientes em potencial estarão interessados em seu produto ou serviço. É importante ter uma estratégia bem pensada e uma abordagem personalizada para cada cliente em potencial. Além disso, é essencial ter uma equipe de vendas bem treinada e motivada para realizar a prospecção com sucesso.

Qualificação:

A fase de qualificação da estratégia de vendas é uma etapa crucial no processo de vendas, onde o objetivo é determinar se o potencial cliente é um bom ajuste para o produto ou serviço que está sendo oferecido.

Nessa fase, o vendedor deve coletar informações sobre o cliente em potencial, incluindo suas necessidades, desafios e objetivos. Além disso, o vendedor deve avaliar se o cliente tem o poder de compra e se está disposto a investir em uma solução para seus problemas.

A qualificação pode ser feita por meio de várias perguntas abertas e fechadas, com o objetivo de entender melhor o perfil e as necessidades do cliente. Algumas perguntas comuns incluem:

  • Qual é o seu orçamento para esse projeto?
  • Quais são seus principais desafios em relação ao produto/serviço oferecido?
  • Qual é o prazo para a tomada de decisão?
  • Quem é o principal tomador de decisão na sua empresa?

Negociação:

A negociação é uma etapa importantíssima, pois é nela que o vendedor e o potencial cliente discutem os termos e as condições da venda. Durante essa fase, o vendedor precisa apresentar os benefícios do produto ou serviço que está oferecendo e, ao mesmo tempo, ouvir atentamente as necessidades e objeções do cliente.

O objetivo da negociação é chegar a um acordo que seja benéfico para ambas as partes. Para isso, o vendedor precisa estar preparado para responder a perguntas e objeções do cliente, e também ser capaz de oferecer soluções que atendam às necessidades e interesses do cliente.

Alguns pontos que podem ser abordados durante a fase de negociação incluem o preço, as condições de pagamento, as garantias oferecidas, os prazos de entrega, as opções de personalização do produto ou serviço, entre outros.

Fechamento:

É o momento em que o vendedor procura obter o compromisso do cliente em fazer a compra do produto ou serviço oferecido. É a fase final do processo de vendas, após o vendedor ter feito uma apresentação convincente do produto ou serviço, respondido às objeções e criado valor para o cliente.

Quando todas as partes concordarem com os termos da venda, é hora de fechar o negócio. Isso pode envolver a assinatura de um contrato ou a confirmação de um pedido.

Durante o fechamento, o vendedor pode usar diferentes técnicas para persuadir o cliente a tomar a decisão de compra, como por exemplo:

  • Oferecer vantagens adicionais: O vendedor pode oferecer descontos, brindes ou benefícios adicionais para incentivar o cliente a fazer a compra.
  • Usar a urgência: O vendedor pode destacar a importância do produto ou serviço para o cliente e a necessidade de tomar uma decisão rápida para aproveitar a oportunidade.
  • Pedir a venda: O vendedor pode simplesmente perguntar ao cliente se ele está pronto para fazer a compra, sem pressioná-lo diretamente.
  • Fechar com um acordo: O vendedor pode propor um acordo que satisfaça as necessidades do cliente e o incentive a fazer a compra.

6 Dicas para montar uma boa estratégia para sua empresa

Uma boa estratégia de vendas deve considerar diversos fatores, como o mercado em que a empresa atua, a concorrência, o perfil do público-alvo, as características do produto ou serviço e as habilidades da equipe de vendas.

É importante que ela seja flexível e possa ser ajustada de acordo com as mudanças no ambiente de negócios e nas necessidades dos clientes.

Algumas das principais atividades envolvidas na criação de uma estratégia de vendas incluem a definição de metas e objetivos claros, a segmentação do público-alvo, a identificação das principais necessidades dos clientes, a elaboração de uma proposta de valor diferenciada, a definição de um plano de ação detalhado e a análise dos resultados obtidos para ajustes futuros.

1. Conheça bem o seu público-alvo:

É essencial que você saiba quem são seus clientes potenciais, seus hábitos de compra, suas necessidades e desejos. Com base nisso, você poderá criar uma estratégia de vendas personalizada e eficaz.

Para conhecer bem o seu público-alvo, é importante realizar pesquisas de mercado e
coletar dados sobre o perfil demográfico, comportamental e psicográfico dos consumidores que você pretende alcançar. Esses dados podem ser obtidos por meio de pesquisas de opinião, entrevistas, grupos focais, análise de dados de vendas e redes sociais, entre outras fontes.

2. Estude a concorrência:

Estudar a concorrência é fundamental para montar uma boa estratégia de vendas para sua empresa por várias razões, ao estudar a concorrência, você pode identificar oportunidades de mercado que podem ter sido negligenciadas por outras empresas. Por exemplo, pode haver um nicho de mercado que a sua concorrência não está atendendo, e que você pode aproveitar.

Além disso, ao analisar a concorrência, você pode descobrir os pontos fortes e fracos dos seus concorrentes, e usar essa informação para melhorar a sua própria estratégia. Se você sabe que a concorrência está tendo dificuldade em fornecer um bom atendimento ao cliente, por exemplo, pode se concentrar em oferecer um excelente serviço de atendimento ao cliente para se destacar.

3. Defina metas claras

Estabeleça metas realistas e mensuráveis para o seu negócio. Isso ajudará a manter sua equipe motivada e focada nos objetivos.

As metas orientam a empresa para um objetivo específico e mensurável. Isso ajuda a equipe de vendas a se concentrar em resultados específicos e direcionar seus esforços para alcançá-los.

Quando a empresa estabelece metas, os funcionários se sentem motivados a trabalhar para alcançá-las. Eles sabem o que precisam fazer para atingir o sucesso e se esforçam para fazer isso. Isso aumenta a produtividade e a eficiência da equipe de vendas.

Estabelecer metas claras ajuda a empresa a planejar a curto, médio e longo prazo. A equipe pode identificar as oportunidades de vendas e criar um plano de ação para alcançar as metas estabelecidas. Isso permite que a empresa se prepare para possíveis desafios e aproveite as oportunidades que surgem.

4. Ofereça um bom atendimento ao cliente

Um bom atendimento é fundamental para fidelizar clientes e conquistar novos. Treine sua equipe para ser prestativa, educada e solícita com os clientes.

Quando o cliente recebe um bom atendimento, ele fica satisfeito com a experiência de compra, o que aumenta a probabilidade de ele voltar a fazer negócios com a sua empresa no futuro. Se seus clientes recebem um bom atendimento, eles são mais propensos a se tornarem clientes fiéis e recomendar sua empresa a outras pessoas.

O atendimento ao cliente pode ser um diferencial competitivo para a sua empresa em relação aos seus concorrentes. Se a sua empresa oferece um atendimento excepcional, ela pode se destacar no mercado.

5. Invista em marketing

Investir em marketing vai ajudar a alcançar um público mais amplo e a criar um relacionamento com os clientes potenciais. O marketing é a chave para atrair clientes para o seu negócio, informá-los sobre seus produtos ou serviços e convencê-los a comprar de você.

O marketing ajuda a aumentar a visibilidade da marca e tornar sua empresa mais conhecida. Isso é fundamental para atrair novos clientes e fidelizar os já existentes. Além de também ajudar a criar uma conexão emocional com os clientes, fazendo com que eles se identifiquem com a marca e se sintam mais propensos a comprar de você.

6. Acompanhe os resultados

Analisar regularmente os resultados das suas vendas é fundamental para montar uma boa estratégia de vendas porque permite que você tenha uma compreensão clara do que está funcionando e do que não está funcionando em seu negócio.

Sem entender os resultados das suas vendas, você não saberá o que precisa mudar ou melhorar para aumentar suas vendas e obter mais sucesso no mercado.

Além disso, acompanhar os resultados também ajuda a identificar tendências e padrões em seus dados de vendas, o que pode fornecer insights valiosos sobre as preferências e necessidades dos seus clientes. Com base nessas informações, você pode adaptar sua estratégia de vendas para atender às necessidades do seu público-alvo e aumentar as chances de sucesso nas vendas.

Sobre a CS Academy

A CS Academy é a maior referência em educação customer centric na america latina, e possui diversos cursos focados em te ensinar a garantir o sucesso do cliente.

Temos a plataforma de conteúdos mais completa para profissionais das áreas Customer Centric: Customer Success, Customer Experience, Atendimento e Suporte. Se você quer se tornar referência no mercado, o seu lugar é aqui.

Tá esperando o quê? Se inscreva aqui!

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter

Posts relacionados