O que é design de serviços e como aplicar na sua empresa?

Sumário

O conceito de design de serviços tem a ver com organização, elaboração, desenvolvimento e padronização de um desenho que dará origem a algo ou alguma coisa. O design de serviço funciona da mesma forma, mas é aplicado para desenhar a articular toda a relação da empresa com o cliente.

Há tempos a entrega de um bom produto deixou de ser a única meta empresarial. É preciso entregar mais, ir além, surpreender o cliente de outras formas. Isso é feito através de um investimento em customer experience que inclui, também, um design de serviços bem elaborado.

O que é design de serviços?

Design de serviços é uma metodologia que consiste em desenvolver melhor todo o processo aplicado pela empresa para atender o cliente. Porém, isso não se limita somente ao atendimento, vendas e comercial. É um conceito que se expande também a companhias que vendem o produto.

Nesse contexto, o design de serviços surge como uma estratégia que visa justamente redesenhar todo esse conceito para garantir uma satisfação plena do cliente. Isso quer dizer que a empresa deve ir além do que é esperado.

Design de serviços na experiência do cliente: além da venda

O que o design de serviço pretende alcançar é um resultado que vá além da venda de um produto. A experiência deve ser pensada e planejada para ser o mais satisfatória e conveniente o possível para o cliente em todas as suas etapas.

Existem alguns conceitos e estratégias que podem ser adotados para gerar essa satisfação mais ampla e completa. Conheça no próximo tópico as nossas dicas para aplicar design de serviços em sua empresa.

Template gratuito de Customer Journey


Estratégias para implantar Design de Serviços

Também conhecido como Service Design, o Design de Serviços, para ser implementado, depende de uma série de reestruturações. Elas visam transformar a experiência do cliente em algo mais harmônico e satisfatório em todas as suas esferas. Algumas estratégias são:

Omnichannel

Os serviços de atendimento e pontos de contato devem contar com uma integração profunda. Isso quer dizer garantir a mesma qualidade em todos os canais, mas também permitir que o cliente resolva problemas e faça solicitações interagindo em mais de um deles.

Um exemplo prático é a possibilidade de fazer uma compra online, mas conseguir retirar ou trocar no ponto de atendimento físico. Ou seja, quando o cliente precisa de atendimento, ele sabe que pode procurar a empresa por qualquer meio de contato.

Entenda que exigir que ele procure um ou outro determinado atendimento é, de certa forma, impor barreiras e dificultar o contato e a própria resolução de problemas. O design de serviços procura justamente eliminar essas barreiras.

Atendimento

Além da integração de canais, outro ponto fundamental para ter sucesso nessa estratégia é garantir que todos os atendentes sejam devidamente treinados. Eles precisam reproduzir o tom de voz e transparecer os valores da empresa.

Isso independente do canal de atendimento, seja por telefone, e-mail, chat, presencial. Para tanto, o treinamento e a adequação da equipe são cruciais.

Além disso, o atendimento deve ser otimizado para que a resolução venha o mais rápido possível. A criação de tickets e ordens de urgência é importante, mas também podem atrasar as soluções.

É ainda mais essencial encontrar meios de agilizar o atendimento, sejam eles de qual gravidade for, garantindo assim a satisfação de todos os clientes.

Relação com o consumidor

O cliente deve ser valorizado, tornando-se o centro das atenções da empresa. Sendo assim, a interação entre a empresa e o consumidor deve ser de extrema atenção, cuidado e respeito.

É justamente por isso que o design de serviços procura analisar e otimizar a experiência do cliente em todas as suas etapas, indo além do atendimento básico que resolve problemas para aquele que escuta e acolhe a dor do cliente.

A experiência como serviço

Você já parou para pensar que a experiência oferecida ao seu cliente é também um serviço? Ela também faz parte da relação e acaba impactando na fidelização. Na verdade, mais ainda do que o próprio produto.

A Disney, por exemplo, é uma empresa amplamente citada em conteúdos sobre administração e fidelização. Apesar de suas muitas décadas de atuação e um constante processo de desenvolvimento, a marca nunca peca na entrega de experiência. E garante essa satisfação plena a qualquer idade.

Nesse quesito, a experiência acabou se tornando mais um serviço da Disney, oferecido em todos os seus canais de atendimento, na facilidade de aquisição, no treinamento excelente das equipes, etc.

Para chegar a esse nível de excelência, a Disney também precisou desenvolver um design de serviços para CX, voltado para garantir a experiência mais espetacular que aquelas pessoas poderiam vivenciar.

Operação de sucesso em design de serviços

Agora que você compreende o conceito de design de serviços, é importante saber como implantar, efetivamente, isso em sua operação empresarial. Nesse sentido, buscar ouvir o seu consumidor é algo crucial.

Pesquisas de satisfação e fidelização – como CSAT e NPS – podem ajudar a compreender melhor o que o cliente tem a dizer sobre a interação com a marca. Aceitar, ouvir e agir a partir desses feedbacks é algo fundamental.

A importância do design de serviços

O design de serviços traz inúmeras vantagens para uma empresa. Algumas são mais óbvias e perceptíveis a partir de métricas simples. Os principais benefícios ao implantar essa técnica são:

Equipe mais engajada

Os colaboradores acabam desenvolvendo automaticamente um engajamento ainda maior em manter a excelência na experiência do cliente. Ao implantar e difundir corretamente o design de serviços, naturalmente os profissionais envolvidos se sentem mais imersos e comprometidos com os resultados.

Competividade

Uma empresa que entrega excelência do começo ao fim não precisa temer a concorrência. Muitos clientes, aliás, estão mais preocupados em ter uma experiência incrível do que pagar barato pelo que estão consumindo.

Fidelização de clientes

A vantagem anterior nos envia diretamente para essa: o design de serviços pode fidelizar clientes. Ao perceberem que a empresa entrega muito além do básico, os clientes se sentem plenamente satisfeitos e tendem a consumir outras vezes.

Lembre-se que tão importante quanto expandir o seu negócio e faturar mais é fazer isso de forma sustentável, de modo que consiga manter o ritmo e a qualidade por um longo período. É justamente isso que o design de serviços para CX propõe com suas estratégias.

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter

Posts relacionados