Liderança remota: como ser um bom líder a distância

Sumário

Estamos passando por um contexto delicado nos últimos meses, e que tem abalado muito as pessoas, seja no âmbito pessoal e profissional. Mesmo que estejamos tentando levar a vida da maneira mais normal possível, é inegável que muitos aspectos da nossa vida foram afetados, inclusive as relações de trabalho e, nesse sentido, a vida de líderes pode se tornar ainda mais complicada.

Se liderar já não é tarefa fácil, em um cenário em que as pessoas tendem a se sentirem ansiosas, nervosas e tristes, e ainda por cima com muito menos contato pessoal, o líder precisa se munir de estratégias para ajudar e conduzir seus liderados – e fazer isso remotamente exigirá uma dose extra de paciência e estratégia para lidar com os percalços das relações de trabalho digitais.

Por isso, resolvemos escrever este post para auxiliar gestores que estejam conduzindo uma liderança remota. Nele, daremos dicas de como você pode tornar esse trabalho um pouco mais simples. Afinal, seja presencial ou remotamente, a liderança é importantíssima para engajar o time e manter a constância e a qualidade do trabalho. Acompanhe! 

Como podemos definir a liderança remota?

Num panorama em que boa parte dos colaboradores de uma empresa estão trabalhando afastados uns dos outros, o papel do líder se torna ainda mais importante. Ele precisa ter adaptabilidade e flexibilidade, e compartilhar esses atributos com o time, para tornar a distância um empecilho menor.

Por isso, é essencial que o líder tenha sempre em mente que precisa fortalecer a confiança entre o time e criar um ambiente – mesmo que seja digital – propício para o trabalho. É esse tipo de mentalidade, afinal, que não vai “deixar a peteca cair” e, no fim das contas, fazer com que você e sua equipe alcancem as metas.

Assim, motivação e feedback são dois elementos fundamentais da liderança remota. Mas, como adaptar essas características para o meio online para continuar fazendo sua equipe cumprir suas tarefas com a mesma excelência?

Leia mais: Melhores Cursos de Customer Success e Customer Experience

Como ser um bom líder a distância?

1. Comece pelo beabá

Se o “novo normal” exige que adaptemos nossa realidade e transformemos uma parte da nossa casa em escritório, é importante que este ambiente esteja apropriado ao trabalho. Afinal, isso contribui diretamente para a produtividade.

Por isso, organize seu home office e estimule outros empregados da companhia a fazerem o mesmo. Além de ajudar no desempenho e planejamento de cada um, isso auxiliará a definir a postura que deve ser adotada durante o período de teletrabalho, e facilitará na separação dos momentos de trabalho e de descanso.

2. Abrace a flexibilidade

Apesar de estimular que as pessoas criem um ambiente de trabalho em casa e mantenham ao máximo possível a sua rotina profissional, é preciso compreender que algumas demandas pessoais podem mudar.

Assim, dê certa flexibilidade aos funcionários e permita que eles adaptem o dia a dia de trabalho a outros aspectos da vida. Por exemplo, se tiver uma equipe pequena, talvez seja possível personalizar horários de conversas e reuniões para que se adaptem ao cotidiano dos colaboradores.

Leia mais: 6 principais métricas de Customer Experience

3. Seja otimista – mas de uma maneira saudável

Um jeito de manter seu time confiante e unido e ser um líder otimista – mas sem que isso pareça artificial. Sabemos que o cenário não está muito favorável, mas (e talvez por isso mesmo) é importante que o líder tenha uma postura amigável e positiva, passando confiança e tranquilidade.

Dessa forma, os colaboradores conseguirão se manter mais ativos e mais animados para atingir as metas com segurança. Afinal, num momento tão delicado, a liderança deve buscar inspirar pelo carisma e respeito, e não apenas pelo senso de dever – que, em situações como essa, pode sobrecarregar os liderados.

Contudo, lembre-se que é preciso manter a responsabilidade e não dar falsas esperanças. Assim, se a situação da sua empresa também está mais instável devido ao contexto, deixe isso claro aos empregados da empresa – mas nunca se esquecendo que o ânimo da equipe é importantíssimo para reverter o problema.

4. Mantenha o engajamento do time por meio do compartilhamento de opiniões

Para manter a equipe motivada, é importante que ela continue sempre a par do que está acontecendo e do que você enquanto líder está planejando. Assim, busque sempre as opiniões dos liderados e pergunte o que eles pensam sobre determinado assunto ou ideia. Isso pode ser feito por meio de reuniões remotas ou mesmo e-mail – o importante é manter o engajamento e incentivar o compartilhamento de opiniões.

Leia mais: O que é Marketing de Experiência?

5. Defina metas que façam sentido

Como estamos vivendo um momento de crise, é normal que algumas previsões de crescimento precisem ser reduzidas ou até freadas. Sendo assim, tenha isso em mente e estabeleça metas para sua equipe que sejam atingíveis e tangíveis. Se você tentar manter o ritmo de crescimento “à força”, sem que haja um contexto propício para isso, só acabará deixando os profissionais mais desmotivados.

6. Explique de maneira clara as novas atividades e processos

É bem provável que o trabalho a distância exija que certas tarefas e processos na sua empresa sejam alterados. E, do mesmo modo que o líder deve estar a disposição dos liderados para explicar essas atividades e processos presencialmente, ele deve fazer isso também remotamente.

É muito importante que o líder consiga alinhar os processos já no começo da rotina remota, deixando expectativas claras e mostrando as metodologias que devem ser usadas. Aproveite para enfatizar a confiança que tem na qualidade do trabalho dos funcionários, dando a eles o máximo de autonomia possível no processo.

Leia mais: Como construir uma estratégia de Marketing de Experiência

A liderança remota é uma prática fundamental para manter o equilíbrio e a qualidade do trabalho dos profissionais da empresa. Por isso, prepare-se, conte com o auxílio da tecnologia para encurtar as distâncias e mantenha o time unido para alcançar o mesmo objetivo profissional, mesmo que apenas por meio da web.

Fazendo isso, você certamente contribuirá para facilitar o dia a dia de seus liderados durante esse período turbulento, e preparará sua equipe para retomar o ritmo de maneira mais ágil quando tempos mais favoráveis chegarem.

Bônus

Gostamos tanto desse tema que dedicamos um Live Journeys inteirinho só pra ele ♥️

No episódio #17 conversamos com a Lilian Rios, Coordenadora de Customer Success na Leads2b, sobre a importância dos rituais no contexto do home office e foram muitas dicas legais sobre reunião 1:1, como motivar o time, melhores práticas de feedback e muito mais. Aperta o play aí para ver esse papo na íntegra!

YouTube video

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter

Posts relacionados