A importância do Employee Experience para o dia a dia do cliente

Sumário

Que a experiência do cliente é algo importante e crucial para as empresas não há dúvidas. Mas é importante considerar que há, na outra ponta, a experiência do colaborador, que é igualmente relevante para o sucesso de um negócio.

Nesse contexto, compreender quais são os impactos disso no seu empreendimento é fundamental. Vamos então entender a importância do Employee Experience e quais impactos podem ser desencadeados por essa estratégia.

O que é Employee Experience?

Em tradução livre, Employee Experience (EX) significa “experiência do colaborador”. Como o próprio nome sugere, a estratégia considera a experiência dos funcionários como parte fundamental do sucesso de uma empresa.

O principal pilar de uma ação de EX, é o alinhamento de valores e expectativas. Afinal, se a sua equipe não compra a ideia e não veste a camisa da empresa fica difícil convencê-la a agir em favor da marca, certo?

Porém, muitas empresas pecam por acreditar que a importância do Employee Experience acaba na relação com os colaboradores.

Essa é uma estratégia que possui um potencial comercial muito amplo e que pode impactar diretamente nas ações de sua marca e na percepção do público com relação ao negócio, como veremos a seguir.

A importância do Employee Experience para a sua empresa

O capital humano é o bem mais importante de uma empresa. Ainda que haja muito apelo tecnológico, nada funciona se a empresa não puder contar com colaboradores capacitados e engajados.

Para elucidar esse raciocínio, dê uma olhada na lista a respeito da importância da experiência e da jornada do colaborador dentro da empresa.

Reforço do DNA da marca:

A sua empresa tem uma identidade. Ela é pautada naquelas três definições que foram feitas lá no início do projeto: missão, visão e valores.

No entanto, missão, visão e valores só ganham força quando são repassados e transparecidos para o público. O funcionário é parte essencial desse processo.

Quando a empresa investe em uma boa relação e se importa com a experiência do colaborador, fica mais fácil alinhar expectativas e valores e fazer deste agente um promotor que reforce o DNA da marca.

Reputação da marca:

A forma como a equipe se refere à marca impacta diretamente na reputação da empresa.

Pense bem: se fora do ambiente de trabalho os colaboradores se queixam da empresa, os clientes entendem que esse não é um bom lugar para se trabalhar nem para se consumir.

Existe um velho ditado que diz: “por fora bela viola, por dentro pão bolorento”. Essa máxima pode ser
extremamente prejudicial para as empresas, pois não há imagem e reputação que se sustente diante da declaração depreciadora de quem conheceu o negócio pelo lado de dentro.

Redução da taxa de turnover:

Você já deve ter ouvido falar que contratar um novo funcionário custa muito mais do que manter aqueles que você já possui. Isso é verdade, o que significa que as empresas devem considerar a taxa de turnover uma métrica crucial de avaliação.

Com o investimento adequado em Employee Experience você também consegue diminuir bastante a rotatividade de sua equipe.

Além dos custos, também é importante ressaltar que você consegue construir uma equipe mais qualificada, experiente e comprometida com a empresa.

Como economizar dinheiro com Employee Experience?

Como dissemos, a estratégia de Employee Experience vai muito além de promover um bom ambiente. Ela também traz impactos positivos para as finanças, já que promove uma economia interessante.

Antigamente o RH era visto como o departamento que mais dava despesas para a empresa. Todos os trâmites burocráticos e fiscais que cabem a esse setor de fato podem trazer muitos gastos.

Porém, é possível – e vantajoso – adotar uma gestão mais estratégica para o departamento pessoal e para os recursos humanos de uma empresa.

A atenção na jornada do colaborador vem de encontro com esse pensamento, já que uma gestão mais qualificada diminui o turnover, como citamos anteriormente, e reduz os gastos.

Algumas das reduções rapidamente percebidas são: diminuição de gastos com contratações e rescisões, treinamentos, onboarding e processos seletivos.

Passos importantes para implementar EX em sua empresa

Implementar Employee Experience em sua empresa não é uma tarefa impossível, mas requer planejamento. Algumas dicas estão a seguir para lhe ajudar nesse processo.

Entenda a jornada do colaborador:

Assim como existe a jornada do cliente, existe também a jornada do colaborador. Esse mapeamento da vida profissional dentro de sua empresa ajudará a identificar pontos a serem melhorados e incentivados.

Incentive os colaboradores:

Também é interessante aplicar ações de meritocracia, que entendam e valorizem os talentos e as contribuições individuais. Reconhecer o empenho e oferecer bonificações que estimulem o desenvolvimento profissional pode ser um bom caminho.

Benefícios são importantes:

Muitas empresas acabam resumindo a importância de Employee Experience no fornecimento de mais benefícios. Isso não basta, mas não significa que eles não sejam importantes.

Os bons benefícios fazem parte do pacote de ações que uma empresa deve adotar para oferecer uma experiência melhor aos seus funcionários.

Conhecer o perfil e entender quais desses benefícios são realmente relevantes é um ponto de partida essencial.

Desenvolva a sua equipe:

Não deixe a equipe estagnada. Procure desenvolver os talentos, incentivar e impulsionar o crescimento de cada indivíduo dentro da sua empresa.

Promova feedbacks, reuniões e estratégias para isso, ao mesmo tempo em que pensa em formas de promover a boa convivência dentro do ambiente de trabalho.

Use a tecnologia como aliada

É difícil pensar em estratégias de desenvolvimento e crescimento que não envolvam a adesão a sistemas tecnológicos. No caso de Employee Experience, pensar em softwares que tornem a rotina de trabalho mais eficiente é importante.

Mas mais do que isso, garantir que o RH tenha um software de qualidade que ajude a fluir melhor o trabalho e diminua os erros no setor é importantíssimo. Isso impacta muito no humor e na percepção dos empregados sobre a empresa.

Employee Experience não deve ser considerada uma estratégia secundária em uma cultura Customer Centric. A satisfação da equipe que promove e sustenta a empresa é tão importante quanto a experiência do cliente externo.

 

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter

Posts relacionados