Impactos de Employee Experience na retenção de talentos

Sumário

Ter uma equipe qualificada para atender o seu cliente é parte fundamental de uma estratégia de crescimento empresarial. Por isso, conhecer os impactos da Employee Experience é muito importante para quem deseja reter talentos.

É um fato que contratar, treinar e preparar um novo funcionário para seu cargo é uma tarefa árdua e pode custar muito dinheiro. O pior cenário é quando, depois de toda a integração, esse funcionário encontra uma oportunidade mais interessante e pede as contas. Todo aquele esforço parece não ter valido de nada.

O problema é que muitas vezes as empresas focam na integração, mas não valorizam a jornada do colaborador. Pensar em todo o trajeto do seu funcionário e garantir a melhor experiência com a empresa é muito mais importante do que você pode imaginar. Leia até o final e saiba quais são os impactos de Employee Experience na retenção de clientes.

Afinal, o que é a experiência do funcionário?

A experiência do funcionário começa no primeiro contato, quando ele encontra e se interessa pela vaga ofertada por sua empresa. Nesse momento, já começa a se estabelecer uma relação e é papel da empresa garantir que ela seja frutífera e qualificada.

Aqui vale a pena destacar que hoje em dia o salário por si só não é suficiente para reter um talento. As pessoas estão em busca de relações que sejam benéficas e satisfatórias em diferentes aspectos. É por isso que assegurar uma experiência de qualidade é tão importante.

Ainda que a sua empresa ofereça bons benefícios e um salário que condiz com a média do mercado, ela pode perder um funcionário exemplar para outra que demonstre um diálogo mais aberto, um clima organizacional mais ameno e outros benefícios para o bem-estar do colaborador.

Como Employee Experience impacta na retenção de talentos?

Agora chegamos ao ponto chave deste artigo. A experiência do cliente externo é algo importantíssimo, pois determina a fidelização dos consumidores. Mas, de que adianta contar com uma boa carteira de clientes se você não tem uma equipe qualificada para atendê-los?

Ter bons funcionários é parte do investimento de crescimento da empresa. Dessa forma, investir em uma experiência satisfatória em todas as suas etapas não deve ser considerado um gasto.

Retenção de talentos:

Retenção de talentos nada mais é do que a capacidade de manter os seus funcionários fiéis e interessados pela empresa. Ao focar em jornada do colaborador, você consegue criar um ambiente mais propício para isso.

Da mesma forma que a empresa está sempre buscando os melhores talentos do mercado para compor a equipe, esses talentos estão sempre à procura de oportunidades melhores de trabalho.

Como dissemos anteriormente, isso não está atrelado apenas a um salário bom. Existem outros fatores que são considerados fundamentais para um funcionário permanecer na empresa, tais como:

  • Treinamento adequado;
  • Clima organizacional;
  • Abertura de diálogo com a liderança;
  • Feedbacks construtivos;
  • Possibilidade de crescimento;
  • Reconhecimento individual etc.;

Se tudo isso não estiver em equilíbrio, o salário alto não será suficiente para manter o funcionário cativo a longo prazo. É dessa forma que muitas empresas acabam perdendo profissionais de alto potencial para seus concorrentes diretos.

Benefícios de EX para o negócio

Pesquisas apontam que empresas que investem em EX podem ser até 4 vezes mais lucrativas do que aquelas que não consideram esse um fator relevante para a saúde do negócio. Os principais benefícios de Employee Experience são:

Equipe mais engajada:

Funcionários que se sentem valorizados e confortáveis dentro da empresa tendem a apresentar também maior engajamento em suas tarefas. Dessa forma, esses profissionais acabam entregando melhores resultados.

Melhoria do clima interno:

Também ocorre uma melhoria no clima da empresa. Afinal, colaboradores que estão desmotivados e desacreditados tendem a contaminar outros com seus pensamentos pessimistas a respeito do negócio.

Valorização da marca:

Empresas que não conseguem manter uma equipe fixa por um período médio acabam despertando a desconfiança da clientela externa e interna. Afinal, se a empresa não é um bom lugar para trabalhar, ela provavelmente não é um bom lugar para consumir.

Os clientes estão cada vez mais atentos a esses sinais. É só perceber o quanto marcas que se envolvem em polêmicas trabalhistas perdem rapidamente o seu prestígio perante o público.

Equipe qualificada:

O principal benefício de uma estratégia de Employee Experience, porém, é a formação de uma equipe qualificada e experiente para atender na sua empresa.

Quando você contrata um funcionário, leva certo tempo até que ele se integre e realmente se torne rentável para a empresa. Ainda que esse colaborador seja muito competente, o processo de treinamento e adaptação requer tempo e dedicação.

Portanto, manter esse funcionário deve ser um objetivo da empresa tanto quanto conquistar novos clientes. Aliás, funcionários experientes e integrados são muito mais eficazes na captação de nova clientela.

Dicas para melhorar a experiência do colaborador

Depois de entender melhor como o Employee Experience pode impactar a retenção de talentos e ajudar a sua empresa a crescer e se desenvolver é hora de pensarmos em meios de fazer essa experiência ser verdadeiramente satisfatória. Existem algumas dicas para isso:

Defina a cultura:

A cultura da empresa dita tudo aquilo que é considerado fundamental no ambiente da empresa e que determina todas as ações dos funcionários. Ela envolve os valores e a missão, engloba comportamento e define critérios de convivência ética e moral.

Tecnologia:

O funcionário precisa dispor de artefatos tecnológicos qualificados para conseguir prestar o seu serviço com qualidade. Um computador antigo e uma internet ruim podem ser suficientes para sobrecarregar qualquer profissional.

Por isso é importante criar um plano de melhorias e principalmente ouvir a opinião da equipe sobre o que pode ser feito para ajudar a fluir melhor as demandas e desenvolver o trabalho de maneira mais eficaz e ágil.

Espaço físico:

A empresa precisa ser agradável. O ambiente deve ser bem iluminado, arejado e organizado. Além disso, é interessante pensar em áreas de convivência, onde os funcionários possam descontrair nas suas pausas.

Pense que essas pessoas passam mais de 6 horas na empresa todos os dias. Naturalmente o ambiente impacta no humor e na relação que é criada entre o empregado e a empresa.

Pensar em Employee Experience como um fator determinante para o sucesso do seu negócio prova que você tem uma visão empreendedora. Na CS Academy você encontra diversos cursos ministrados pelos maiores nomes do mercado com relação à experiência do cliente externo e interno.

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter

Posts relacionados