O que é sucesso para o seu cliente?

Sumário

Estamos sempre falando de Customer Success e como esse conceito é essencial para empresas que querem se estabelecer no mercado. E, de fato, compreender esse conceito e tudo o que se relaciona a ele, como Análise de Cohort, é realmente importante para estruturar uma área de Sucesso do Cliente em sua empresa.

Mas, antes disso, não podemos deixar de dar um passo para trás e nos perguntarmos: afinal, o que é sucesso para o seu cliente? Você sabe? Será que está focando nas ações e estratégias certas para fazer seu cliente chegar lá? Ou está tão preocupado com metas e números que não sabe se seu cliente está satisfeito ou não?

Neste post, vamos falar um pouco mais sobre o que você precisa fazer para realmente identificar o que é sucesso para o seu cliente e qual é o seu papel para realmente ajudá-lo a chegar lá.

Acompanhe!

Como saber o que é sucesso para o seu cliente?

Em primeiro lugar, para compreender o que é sucesso para o seu cliente de uma maneira específica, e não de modo genérico para qualquer cliente, é necessário que você conheça-o a fundo e saiba o que ele entende como sucesso.

Em outras palavras, isso significa que você vai ter que encarar a verdade do outro lado da mesa. Nesse momento, é preciso frear um pouco a mentalidade “vendedora” e se focar nas reais necessidade do seu cliente.

Mas isso não significa, por exemplo, que sua equipe de vendas precisa sair de cena: toda a empresa pode atuar em parceria para tentar compreender, do começo ao fim da jornada do cliente, qual é o objetivo dele.

É assim que você vai iniciar uma nova relação dele com a sua empresa, que começará a ver no seu negócio um parceiro de sucesso, e não apenas um boleto a ser pago todos os meses.

Leia mais: O que é Churn Rate e como medir?

Aspectos básicos para o Sucesso do Cliente

Um dos princípios básicos para o Sucesso do Cliente é que ele deve conquistar objetivos que precisam ser traçados conforme a necessidade da empresa dele. E esses objetivos podem ser muito diferentes mesmo para empresas do mesmo mercado.

Por exemplo, se falarmos de empresas SaaS (Software as a Service), os objetivos podem incluir alavancar as vendas, controlar estoques, melhorar o contato com os clientes, ter mais clareza na área financeira, e outros.

Mas, para você se tornar ciente de tudo isso, é preciso transformar o jeito como atende seu cliente, ouvindo suas necessidades e ultrapassando a relação de compra e venda. Uma das formas de fazer isso, por exemplo, é aplicar verdadeiramente os conceitos de Onboarding e Ongoing, investindo na ativação assim que ele fecha com sua empresa, e buscando manter o nível de engajamento ao longo do relacionamento.

Algumas empresas referência em Customer Success, como a Gainsight, defendem que o sucesso ao cliente pode ser atingido por meio da seguinte fórmula:

Customer Experience + Customer Outcomes = Customer Success

Em outras palavras, o Sucesso do Cliente seria o somatório de uma boa experiência do cliente com o alcance dos resultados que ele pretende atingir. Essa é uma maneira de encarar o sucesso para o seu cliente.

Leia mais: CSAT: Como e quando usar o Customer Satisfaction Score?

Se você não sabe, pergunte

Sim, dissemos que você precisa conhecer seu cliente para saber o que é sucesso para ele, mas, como fazer isso? Do modo mais fácil possível: perguntando. De preferência, esse tipo de questionamento deve começar a ser feito quando você ainda está criando sua solução. Mas, se você já desenvolveu seu produto ou serviço e ainda não tinha se feito essa pergunta, tudo bem: antes tarde do que nunca.

Alguns jeitos de questioná-lo sobre isso de forma clara e direta:

  • O que é sucesso para seu cliente?
  • Há diferentes sucessos?
  • Como você mede seu sucesso?
  • O que o cliente pretende atingir usando sua solução?
  • Qual é o resultado almejado?

Faça essas perguntas para vários clientes de perfil semelhante, e depois disso, avalie se há padrões e se as respostas são parecidas; organize os resultados e valide-os com os clientes.

Entretanto, não se esqueça de focar naquilo que eles esperam do seu produto e de possíveis passos intermediários (success milestones, dos quais falaremos adiante) para que atinjam esse sucesso. Dessa forma, você vai entender não só o que eles precisam fazer, mas o que eles precisam do seu produto. E, assim, você estará mais perto do resultado desejado.

Leia mais: O que é uma boa taxa de churn (cancelamento)?

3 dicas para aumentar as chances de entregar sucesso ao seu cliente

1. Defina metas e responsabilidades

Definir metas é uma das partes mais importantes para definir o que é sucesso para seu cliente. É preciso alinhar as expectativas, tanto no que tange as entregas quanto responsabilidades.

Quando as questões de responsabilidades estiverem acertadas, é hora de definir as metas. Nesse momento, deve-se estudar o panorama do cliente e montar um plano de ação realista.

É importante lembrar, contudo, quem nem toda meta precisa ser baseada exclusivamente em números. Por exemplo, vocês podem estabelecer a geração de leads como meta, mas também a criação de um blog para atrair mais visitantes.

2. Estabeleça milestones

Chegar às metas traçadas nem sempre – quase nunca, na verdade – é um caminho fácil, mas pode ficar mais simples se você e seu cliente estabelecerem milestones – ou seja, passos intermediários para atingir o objetivo.

Por exemplo, se a meta do cliente é gerar 50 leads em 1 mês, os milestones para chegar até esse objetivo podem ser:

  • Criar um conteúdo para geração de leads;
  • Criar uma landing page para oferecer esse conteúdo e uma landing page de contato;
  • Enviar um e-mail marketing divulgando a landing page e o material;
  • Publicar o link da landing page em redes sociais etc.

Assim que os milestones de uma meta forem atingidos, vocês passam para a próxima meta, definem os milestones dela e assim em diante. Dessa maneira, o cliente consegue visualizar melhor cada pequeno resultado, e é mais fácil mantê-lo engajado na construção do seu próprio sucesso.

3. Mensure resultados e reveja estratégias

Não se pode esquecer que os milestones devem estar sempre alinhados com o objetivo macro principal, mesmo que ele seja conquistado a longo prazo. E, para isso, o ideal é que os resultados dos milestones sejam mensurados com determinada frequência, para que se possa visualizar o quanto eles estão contribuindo para o resultado total.

Um exemplo de empresa que segue esse processo é a Resultados Digitais, que utiliza uma metodologia de revisões trimestrais de sucesso, na qual analisa os resultados a cada 3 meses e desenvolve um plano de ação com tarefas e objetivos para os próximos 3.

Se necessário, é possível ajustar milestones e rever estratégias para que elas continuem levando ao macro resultado e atinjam aquilo que o cliente realmente espera para sua empresa.

Quer aprender na prática com conteúdo claro e objetivo como levar sucesso para o seu cliente? Inscreva-se em um dos nossos cursos aqui.

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter

Posts relacionados