O que é a Cultura Data Driven? 7 passos para implementar

Sumário

Cultura Data Driven pode ser uma grande aliada para a criação de uma estratégia Customer Centric verdadeiramente qualificada. Compreender o seu conceito e sua utilidade organizacional é importantíssimo. 

Em um ano assolado pela pandemia e os problemas financeiros e profissionais, as empresas precisaram encontrar estratégias mais eficientes para cativar e fidelizar clientes. 

É nesse contexto que entender o que é a Cultura Data Driven pode ser um grande diferencial. Afinal, os dados podem oferecer suporte para entender e compreender as demandas e consequentemente melhorar as estratégias.

YouTube video

O que é e como funciona a Cultura Data Driven?

A Cultura Data Driven é um conceito que compreende os dados como elementos centrais para as estratégias. Portanto, todas as decisões serão tomadas considerando sempre informações coletadas e mensuradas. 

  • Qualidade e precisão:

Qualidade e precisão são os pontos cruciais da Cultura Data Driven. Muitas empresas ainda baseiam suas estratégias em achismos, em uma percepção mais instintiva do que prática. 

Isso acaba abrindo possibilidades para erros diversos. Afinal, pode ser que a sua percepção – sobre o cliente, o mercado, a concorrência etc. – não seja assim tão correta e condizente com a realidade. 

O que a Cultura Data Driven propõe é justamente uma estratégia mais eficiente, centrada em informações concretas que foram coletadas, reunidas e analisadas antes de serem utilizadas. 

Leia mais: Como coletar e analisar dados de comportamento dos clientes

Quais soluções essa estratégia pode promover?

De forma imediata, podemos dizer que a Cultura Data Driven pode trazer uma série de soluções para problemas que fatalmente surgem dentro das empresas – de qualquer porte ou segmento. 

Algumas soluções possíveis são:

  • Identificar e compreender problemas;
  • Encontrar soluções mais rapidamente;
  • Conhecer melhor o seu cliente e o seu mercado. 

Com essas informações esclarecidas torna-se muito mais fácil tomar decisões e até definir ações que sejam verdadeiramente eficientes e de acordo com as demandas de sua marca e de sua clientela.

7 dicas para implementar a Cultura Data Driven em sua empresa

Agora que você já sabe o que é a Cultura Data Driven é hora de falarmos sobre as dicas para implementar isso em sua empresa.

1. Defina o seu objetivo:

Objetivos bem definidos são a base para qualquer estratégia. Não é diferente com a Cultura Data Driven! Você deve estabelecer metas a serem alcançadas e cujos resultados dependem desse tratamento de dados. 

2. Envolva todos os colaboradores:

Por se tratar de uma “Cultura”, a estratégia de Data Driven deve ser implementada e repassada a todos os colaboradores. Não adianta manter esse conceito restrito à diretoria ou aos gestores. 

3. Equipe qualificada:

O primeiro passo é definir uma equipe qualificada para fazer essa coleta de dados. Dependendo do porte de sua empresa, você pode escolher manter uma equipe própria para isso ou terceirizar esse serviço. 

4. Defina as KPI’s:

Conhecidos como Indicadores de Performance, ou, Key Performance Indicators, os KPI´s são fundamentais para a implantação da Cultura Data Driven. Para tanto, utilize as pesquisas feedbacks quantitativos como referência. 

O mais importante é que esses indicadores sejam, de fato, considerados nas tomadas de decisão. Definir uma série de métricas que são ignoradas não adianta de nada, certo?

5. Conte com uma boa ferramenta de processamento de dados:

A tecnologia é uma grande aliada em toda essa trajetória sobre o que é a Cultura Data Driven e como implementá-la. A utilização de softwares de análise e processamento de dados, por exemplo, é algo fundamental.

Naturalmente esses dados precisam ser tratados antes de serem utilizados. É nesse sentido que a tecnologia se torna muito importante para a sua estratégia. 

Leia mais: Como Inteligência artificial pode ajudar o atendimento

6. Analise os dados com atenção:

Uma vez que os dados sejam coletados deverão ser minuciosamente analisados. Assim eles servirão de guia para que você alcance os objetivos que foram definidos para essa ação. 

Leia mais: Lifetime Value: como calcular o ciclo de vida do cliente?

7. Transforme os dados em ações:

Por fim, é hora de usar essas informações coletadas e tratadas para estipular ações, de fato. Eles serão usados para decidir iniciativas, definir ações e estrutura estratégias que tenham como finalidade um objetivo em comum. 

Principais vantagens da Cultura Data Driven

Inúmeras vantagens podem ser associadas a uma Cultura Data Driven. A principal delas, como dissemos anteriormente, diz respeito a deixar de agir baseado em achismos, e passar a se pautar em dados concretos. 

Mas, não é só isso. Podemos apontar outros pontos que são essenciais e que tornam essa uma estratégia verdadeiramente eficiente e qualificada para a sua empresa. Veja só:

Redução de custos:

Riscos geram despesas. Com a Cultura Data Driven devidamente estabelecida, a gestão de riscos também, ganha muito no que diz respeito a sua eficiência. 

Dados divulgados pela Harvard Business Review apontam que, da lista de 1000 empresas da Revista Fortune, 48% apontaram redução de despesas após implantarem a Cultura Data Driven.

Além do que já dissemos, essa cultura permite que a tecnologia seja utilizada em seu total potencial, aproveitando muito melhor os recursos contratados pela empresa. 

Organização de demandas e sazonalidades:

Também será possível através dessa estratégia compreender o desempenho por meio de métricas de seu negócio durante um determinado período. 

Por exemplo, você pode perceber que em um período X há uma queda na quantidade de trabalho, ou que nos meses X, Y e Z ocorre uma demanda específica, etc. 

Tudo isso só é possível através da coleta de dados. Análises anuais geram históricos que podem ser acessados e comparados, oferecendo uma ferramenta importantíssima para as tomadas de decisões. 

Muitos outros benefícios serão percebidos. Basear suas ações em dados traz alterações cruciais na rotina e nas decisões da empresa tornando a sua marca muito mais competitiva no mercado.

Leia mais: O que é Customer Success

Sucesso concreto: os dados como solução

Seja para implementar uma análise de comportamento do cliente, jornada de compraCustomer Experience, em qualquer uma dessas situações os dados são parte fundamental do projeto. 

É nesse sentido que a Cultura Data Driven se torna tão importante para os negócios de diferentes portes. 

Na CS Academy você pode conhecer mais sobre esse e outros temas ministrados em forma de curso para que você eleve o sucesso de sua marca a um novo patamar. Acesse o site e saiba mais. 

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter

Posts relacionados