6 fatos sobre empresas que investem em Employee Experience

Sumário

Sua empresa se preocupa com o bem-estar do seu colaborador? Empresas que não entendem a importância da satisfação de seus colaboradores, acabam perdendo muito dinheiro todos os anos.

De acordo com a pesquisa realizada pela Socialbase, Employee Experience é hoje um tema presente nas pautas de reunião em parte das organizações (33%), mas sua importância deverá ser ainda maior em dois anos, (85,3%).

Portanto, é indispensável começar o quanto antes a investir em Employee Experience a fim de que esses prejuízos sejam minimizados. Nesse post você verá o que é, como melhorar a experiência do colaborador, qual é o papel do líder nesse processo e o que você pode fazer para começar a investir em Employee Experience.

O que é Employee Experience?

Podemos definir Employee Experience como a soma das experiências e sentimentos que seu colaborador acumula enquanto interage com a sua empresa, desde o processo seletivo até o desligamento – tudo irá contar para estabelecer essa experiência. 

É por isso que, para a experiência de seu colaborador ser positiva, é preciso oferecer oportunidades de crescimento na empresa, apoio da liderança, autonomia e remuneração justa.

Também é papel da sua empresa oferecer a todos na equipe um ambiente de trabalho agradável, para que a sua equipe se sinta um time unido, que haja mútua colaboração e que tudo funcione conforme esperado.

YouTube video

Qual o papel do líder na experiência do colaborador?

O líder é responsável por gerenciar toda a equipe, proporcionando um ambiente integrativo, onde todos se respeitam e contribuem uns com os outros. Portanto, é de suma importância que esse líder saiba como dar e receber feedbacks, além de ouvir opiniões contrárias a fim de que os colaboradores possam se sentir valorizados.

A empresa deve promover uma cultura de respeito e valorização do time, por isso, considere que todos precisam se sentir importantes, motivados e felizes. 

YouTube video

6 fatos sobre as empresas que se preocupam com EX

1. Atração e retenção de talentos

Empresas que se preocupam com EX tem sucesso por causa do cuidado com o bem-estar do time que a compõe. Os profissionais são treinados, valorizados e se sentem bem no trabalho. E isso é muito positivo do ponto de vista financeiro, bem como, do ponto de vista de crescimento.

Quem deseja se tornar um ímã para profissionais talentosos, investe no seu clima laboral e na experiência de seus profissionais. É um cálculo simples de fazer: se o colaborador se sente valorizado, ele vai gostar de trabalhar naquele ambiente. Como resultado, você terá retenção daquele talento.

2.  A marca é vista de forma mais positiva:

Quando a empresa é vista como excelente lugar para trabalhar, é uma consequência que ela ganhe credibilidade no mercado, não só como um local em que as pessoas desejam trabalhar, como também, promove uma imagem positiva da empresa para a sociedade.

Dessa forma, a atração e retenção de talentos ocorre de maneira mais efetiva, uma vez que há um comprometimento por parte do colaborador e que ele evangeliza os demais a comunidade externa sobre o prazer e o orgulho que possui ao participar daquela empresa.

Leia mais: Customer Brand – Como criar experiência com a sua marca



3.  Os membros da equipe se sentem mais ouvidos

Empresas que se preocupam com a Experiência do Colaborador são abertas a ouvir o que eles tem a dizer. Elas dão espaço para que eles se expressem como se sentem, bem como usam esses feedbacks para melhorar essa jornada.

Deixam claro que nenhum colaborador será repreendido ou advertido por sua opinião. A Comunicação não violenta é uma aliada nesse sentido porque permitirá que todos tenham voz e possam se expressar respeitosamente. 

Leia mais: Como ser um líder Customer Centric

4. Elas pensam na Experiência do Colaborador como um todo: 

Empresas preocupadas com EX compreendem que o colaborador deve ser cuidado antes mesmo de entrar para a organização, sobretudo porque entendem a importância disso para a imagem da sua empresa junto aos futuros candidatos de outras vagas.

Passando pela contratação, Onboarding, o dia-a-dia na empresa, até o momento em que ele não pertence mais ao seu quadro de colaboradores; do início ao fim, há uma preocupação em haver transparência e cordialidade nessa relação.

5. Há garantia de oportunidades de crescimento

Muito além das promessas, empresas preocupadas com Employee Experience oferecem um plano concreto de crescimento para os seus colaboradores.

É natural: todo profissional quer reconhecimento, salário alto e benefícios, mas o reconhecimento vem e não só para os cargos de gerência – analistas, júniors e estagiários se sentem motivados em pertencerem àquele time porque tem esperança de que a sua vez aconteça em breve. 

Leia mais: Como criar um bom time de Customer Success

6. Elas investem em CX Enablement

Se a máxima é uma boa Experiência do colaborador é igual a uma boa Experiência do Cliente, empresas customer centric se preocupam com CX Enablement.

Customer Experience Enablement se trata de capacitar equipes e colaboradores da empresa a oferecer essa experiência ao consumidor de maneira eficiente, para que ela se mantenha satisfatória ao longo de toda a jornada do cliente.

Dessa maneira, há um trabalho essencialmente holistico que envolve Customer Intelligence, alinhamento organizacional e melhoria de processos com o objetivo de estimular a inovação por meio da busca de novas soluções para melhorar a Customer Experience.

6-fatos-sobre-empresas-que-investem-em-employee-experience

10 dicas práticas para melhorar Employee Experience já! 

Como você viu, empresas que se preocupam com a Experiência dos seus colaboradores, estão atentas a cada passo que os seus colaboradores dão nessa Jornada. Por isso, aqui vão algumas dicas rápidas e práticas para você melhorar em Employee Experience:

  1. Seja respeitoso e pontual com os profissionais desde a entrevista;
  2. Faça um bom planejamento de acolhimento do profissional que foi contratado, como Employee Onboarding;
  3. Considere todo o processo de atração e retenção de talentos no curto e longo prazo;
  4. Ofereça feedback ao longo de todo o contrato de trabalho;
  5. Seja sensível à percepção do colaborador com a experiência dele: acolha as reclamações;
  6. Tenha o pé no chão: faça planos de carreira possíveis de serem alcançados;
  7. Tenha indicadores de produtividade;
  8. Estabeleça metas individuais e para todo o time;
  9. Encerre a relação da melhor maneira possível caso decida demitir ou o colaborador peça demissão;
  10. Ofereça ao seu colaborador o melhor que você pode e ele fará o mesmo pelo seu cliente. 
YouTube video

Esperamos que esse conteúdo tenha ajudado você a entender melhor sobre Employee Experience e porque isso é tão importante.

Aproveite seus novos conhecimentos e invista na experiência do seu colaborador! Isso será muito enriquecedor para a sua empresa. Se você quiser saber mais sobre esse assunto, conheça o nosso curso Customer Experience Intermediate. 

Selecione uma letra abaixo e mergulhe no universo Customer Centric:

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa newsletter

Posts relacionados